Defensoria Pública promove o Natal das Crianças de abrigos e casas lares

15 de dezembro de 2017

Defensoria Pública promove o Natal das Crianças de abrigos e casas lares

 

Abraços fraterno do Papai Noel

Abraços sinceros, sorrisos largos ao ver o Papai Noel protagonizado pelo subdefensor público geral Leó Neto, presentes, brinquedos, lanches e a ansiedade em receber os presentes distribuídos pelo bom velhinho marcaram o dia de lazer e diversão de crianças de abrigos e casas lares de Aracaju em um momento de confraternização natalina, promovida pela Defensoria Pública do Estado, por meio do Núcleo da Criança e do Adolescente.  A festa – que faz parte do projeto Defensores da Alegria – foi realizada no Parque Governador Augusto Franco com o objetivo de proporcionar um dia de lazer e diversão.

 

Foram distribuídos diversos presentes para a criançada

Cerca de 50 menores participaram desse momento único e emocionante. “Gostei dos lanches, dos brinquedos e do Papai Noel. Estou muito feliz porque onde a gente mora não tem brinquedos e quase não saímos. Agora só falta ganhar um carrinho de controle remoto que pedi ao Papai Noel”, disse o menino de 9 anos, William Conceição Borges.

 

Antoniele Cristina dos Santos aprovou a festa. “Os brinquedos, o Papai Noel, os lanches, enfim, tudo foi legal e muito bom. Só em sair de casa e se divertir já é um grande presente”, comemora.

 

Defensores Públicos levaram seus filhos para brincar com as crianças dos abrigos e casas lares

“Resolvemos promover e ajudar a concretizar um direito tão importante consagrado no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) que é o direito ao lazer”, enfatizou a defensora pública e coordenadora do Núcleo da Criança e do Adolescente, Karine Neri.

 

A mãe social da Casa Lar, Luciana Luiz, se emocionou ao falar da iniciativa. “Só em falar dessa oportunidade que a Defensoria está proporcionando a essas crianças já fico arrepiada e emocionada. Eles estavam ansiosos e felizes com o passeio, pois a vida que tem é do colégio para casa e de casa para o colégio. É um momento muito bom porque eles brincam, se divertem e até esquecem do lanche para aproveitar os brinquedos. Eles amam e adoram festas assim, afinal, maioria desses meninos não tiveram oportunidade de curtir a infância porque foram abandonados pelos pais em virtude das drogas, sofreram alguma violência ou viviam nas ruas. Agradecemos à Defensoria Pública por proporcionar essa festa”, pontuou. 

 

Equipe do Núcleo da Criança e do Adolescente com o Papai Noel Defensor

“Não podia deixar de dar um abraço e o presentinho de cada criança, afinal, a Defensoria Pública é também solidariedade. O papel do Defensor Público não se restringe a prestar assistência jurídica, ele tem também a função social e essa iniciativa só nos engrandece e nos honra. Poder sentir o abraço sincero de uma criança e vê-la sorrir enche nosso coração de alegria”, disse o Papai Noel Defensor, Leó Neto.

 

Para o defensor público geral, Jesus Jairo Lacerda, o projeto foi criado com o objetivo de levar alegria e diversão para crianças carentes. “O Defensores da Alegria vem realizando desde 2012 diversas ações com crianças carentes. Se cada cidadão dedicasse um tempo para ajudar quem precisa, com certeza teríamos um mundo melhor e sem desigualdades sociais. Participar de um evento como esse é gratificante e emocionante”, destacou.

 

Acompanhados dos filhos, os defensores públicos Jesus Jairo Lacerda, Eric Martins, Andreza Tavares, Jadiella Santana e Flávia Prado se divertiram com as crianças dos abrigos e casas lares. Participaram também do natal das crianças os demais membros da Defensoria Pública, Marcelo Negreiros e Letícia Neves.

 

O evento foi organizado pelos defensores públicos do Núcleo da Criança, Karine Neri,  Paulo Cirino, Fillype Rigaud, Daniel de Faria,  servidora Cláudia Rúbia e a estagiária do Núcleo, Jéssica Guimarães.

 

 

Por Débora Matos 

 

Mais fotos acesse o FACEBOOK DA DPE

Expresso Livre

?
image6618