Leó Neto é empossado no cargo de Defensor Público Geral em solenidade concorrida

6 de novembro de 2018

Leó Neto é empossado no cargo de Defensor Público Geral em solenidade concorrida

 

Juramento de posse.
Fotos: André Moreira

O Conselho Superior da Defensoria Pública do Estado de Sergipe empossou no cargo de Defensor Público Geral na noite desta terça-feira, 6, o defensor público José Leó de Carvalho Neto. A cerimônia – que aconteceu no Auditório do Ministério Público do Estado – foi bastante prestigiada por defensores públicos, juízes, promotores, procuradores, desembargadores, advogados, servidores, familiares do empossado, estudantes, secretários de Estado, diretores e presidentes de outras instituições,  imprensa e demais convidados.

 

Leó Neto vai comandar a instituição durante o biênio 2018/2020 em substituição ao Defensor Público-Geral, Jesus  Jairo Almeida de Lacerda, que deixa o cargo após quatro anos de mandato.

 

Momento da entrega do Colar de Honra ao Mérito

Com a sensação de dever cumprido, Jesus Jairo Lacerda enaltece o empossado e destaca avanços na sua gestão. “Durante os quatro anos que estive a frente da Defensoria tivemos grandes avanços e um número de atendimentos expressivos, o que só aumenta a cada ano e demonstra que cada vez mais a instituição está sendo reconhecida e solicitada pela população. Avançamos em todas as áreas e buscamos sempre o que há de mais moderno no direito atual, que é a solução extrajudicial dos litígios e a pacificação social. Mesmo tendo enfrentado uma das maiores crises da história do país, elevamos o número de atendimentos para mais de 200 mil pessoas ao ano. Deixo a Defensoria Geral com a sensação de dever cumprido e no comando uma pessoa que tem conhecimento, capacidade e muita determinação para que a Defensoria continue crescendo e que possa atender toda a população sergipana, em especial aquela que se encontra no interior do Estado”, manifesta.

 

 

Governador Belivaldo Chagas é homenageado com o Colar de Honra ao Mérito

Em seu discurso de posse, Leó Neto agradeceu à família e ao colega Jesus Jairo, enaltecendo sua administração à frente da instituição. “Agradeço a minha mãe Vera, meu pai Leó Filho e a minha irmã pelo apoio. E falando em Defensoria Pública, não posso deixar de mencionar o amigo e irmão Jesus por ter realizado uma administração de excelência, elevando nossa instituição a um patamar de desenvolvimento para melhor aparelhar os defensores públicos, servidores e a população sergipana. Meu agradecimento e orgulho de ter Jesus como meu melhor amigo”, proferiu.

 

O novo Defensor Geral destacou os avanços da instituição com a autonomia administrativa e financeira. “A Defensoria Pública passou por grandes transformações com a EC 45/2004 e a Lei 183/2010. A reforma da nossa lei orgânica foi possível graças ao saudoso ex-governador Marcelo Déda e ao então vice na época, Belivaldo Chagas, que sempre se preocuparam em levar a Defensoria para todos os cantos do interior e tanto contribuíram para esse avanço”, ressaltou Leó Neto.

 

Com relação às demais instituições jurídicas, Leó Neto disse que todas devem andar juntas. “O Tribunal de Justiça, Ministério Público, Ministério Público de Contas, Tribunal de Contas e Procuradoria Geral do Estado são nossos parceiros. Na união, temos o desafio do aperfeiçoamento jurídico e da modernização para ajudarmos ao público em geral com celeridade e utilizando a tecnologia”, pontuou.

 

O governador Belivaldo Chagas disse que a posse de Leó Neto é um momento de realização para a Defensoria Pública. “Trata-se de uma instituição extremamente respeitada pela sociedade e que presta relevantes serviços à população sergipana. A Defensoria Pública e Governo do Estado tem uma relação muito tranquila, cada um exercendo o seu papel. Além disso, temos defensores públicos abnegados e competentes que tem compromisso com a sociedade, por isso, fizemos questão de prestigiar nosso colega e amigo Leó. Respeitamos a Defensoria Pública pelo valor e a importância que ela tem”, destacou.

 

Para o desembargador Cezário Siqueira Neto, a Defensoria e Tribunal de Justiça são coirmãs. “Todos nós formamos esse tripé necessário à manutenção da justiça no Brasil. É um prazer comparecer a posse do grande defensor público Dr. Leó, que ora substitui Dr. Jesus um grande amigo e parceiro ao longo desse tempo e que tem construído uma Defensoria mais forte e mais presente. Tenho certeza que, com a nova administração, será dada continuidade necessária para firmação dessa instituição tão importante para a população carente do nosso estado e do nosso país, que é a Defensoria Pública”, enfatizou.

 

Na oportunidade, o governador Belivaldo Chagas foi homenageado pela Defensoria Pública com o Colar de Honra ao Mérito, a mais alta honraria concedida às autoridades e personalidades que contribuem para o desenvolvimento e fortalecimento da instituição.

 

Presenças – A mesa de honra foi composta pelo governador do Estado, Belivaldo Chagas; procurador geral do Ministério Público do Estado, José Rony Silva Almeida; presidente da Assembleia Legislativa, deputado Luciano Bispo; presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Cezário Siqueira Neto; conselheira do Tribunal de Contas, Susana Azevedo; procurador geral do Ministério Público de Contas, João Augusto Bandeira; presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Sergipe, Henri Clay Andrade; presidente da Câmara Municipal de Aracaju, vereador Nitinho Vitale e pelo procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho, Emerson Albuquerque. Prestigiou também a solenidade o subprocurador geral da Procuradoria Geral do Estado, 

 

Por Débora Matos – Fotos: André Moreira e Iran Souza

Juramento de posse.
Foto: André Moreira

Expresso Livre

?
image6618