Defensoria Pública realizou 140 atendimentos durante mutirão “Defensor Público na sua Comunidade”

20 de maio de 2016

Defensoria Pública realizou 140 atendimentos durante mutirão “Defensor Público na sua Comunidade”

 

Os defensores públicos Aroldo Sávio e Orlando Sampaio tiram dúvidas dos assistidos

Os defensores públicos Aroldo Sávio e Orlando Sampaio tiram dúvidas dos assistidos

Como parte da programação da “Semana do Defensor Público”, alusiva ao Dia do Defensor Público que foi comemorado na quinta-feira, 19, a Defensoria Pública do Estado de Sergipe realizou nesta sexta-feira, 20, um mutirão de atendimentos na Praça General Valadão, mais uma edição do Defensor Público na sua Comunidade com orientações à população sobre seus Direitos, atividade ainda faz parte da Semana do Defensor Público.

 

Foram realizados 140 atendimentos entre questões relacionadas a cartão de crédito, contas de energia, empréstimos, usucapião, divórcio, pensão alimentícia, guarda, entre outros serviços mais procurados.

 

Jocilene Carlos pediu orientação sobre pensão e cirurgia

Jocilene Carlos pediu orientação sobre pensão e cirurgia

Para dona Jocilene Carlos dos Santos, a presença da Defensoria Pública foi muito importante, pois tinha algumas dúvidas sobre pensão alimentícia e cirurgia de um familiar que não está conseguindo fazer. “Fui prontamente encaminhada para Central na Avenida Barão de Maruim para os procedimentos necessários. Fiquei muito satisfeita com o atendimento. A dúvida mais urgente era sobre alimentos e sobre a cirurgia, mas os defensores públicos me deixaram muito otimistas de que minha situação seria resolvida”, enalteceu.

 

_DSC0213O defensor público, Aroldo Sávio Guimarães, fez questão de destacar que a Semana do Defensor Público serviu para aproximar cada vez a comunidade, levando informações sobre o Direito. “O mutirão foi um excelente instrumento de comunicação e publicidade. O projeto Defensor Público na sua Comunidade, uma iniciativa da Dra. Isabelle Peixoto, ofereceu atendimento técnico e acesso da população carente à justiça, fazendo o primeiro atendimento em loco com aconselhamentos e direcionamentos necessários. É um projeto muito interessante que tem pouco mais de um ano, mas que tem obtido bons frutos”, destacou Guimarães.

 

_DSC0096

Foram distribuídas cartilhas sobre consumidor, violência contra mulher, Disk Denúncia da Polícia Civil, entre outras

_DSC0034 _DSC0063De acordo com a defensora pública e idealizadora do projeto, Isabelle Peixoto, o objetivo do “Defensor na sua Comunidade” é aproximar as pessoas do direito e os serviços oferecidos, fazendo os devidos encaminhamentos necessários para a continuidade do atendimento. “O dia de hoje foi de​dicado justamente para essa finalidade, que é aproximar cada vez mais a Defensoria da população, imergindo nas comunidades e, nessa edição, especificamente no centro da cidade, onde existem várias pessoas potenciais usuárias da Defensoria, levando conhecimento da instituição e os serviços ofertados. Estou muito feliz pela adesão dos colegas e pela população que aderiu a proposta”, pontuou Isabelle.

 

Por Andrea Lima e Débora Matos 

Expresso Livre

?
e-doc

Tamanho da Fonte